Primeiro Assassinato de São Bento do Sul

Ao contrário do que se poderia imaginar, a primeira pessoa assassinada que se tem notícia na história de São Bento do Sul não era esposo de Eva Bormann. Foi um homem chamado Mariano, do qual muito pouco se sabia à época – e menos ainda se sabe hoje em dia. Mariano tinha 36 anos ao ser assassinado na Estrada Dona Francisca, no dia 29 de fevereiro de 1884. As circunstâncias em que o crime se deu ainda são um mistério. Não sabemos qual foi o método utilizado pelo assassino, nem suas razões e muito menos quem era ele.

E também não sabemos muito mais sobre a vítima. Ao registrar seu óbito, o padre Karl Boegershausen anotou que o seu estado civil, a sua naturalidade e a sua profissão eram ignorados – assim como seu próprio sobrenome. Ou seja, Mariano não parece ter sido pessoa com residência fixa na região. Isso aumenta o mistério sobre os motivos que o levaram a ser assassinado. O primeiro assassinato de São Bento do Sul é tão misterioso que nem a vítima é conhecida.

Diante de tanto desconhecimento, é de se espantar que tenha havido tamanha precisão ao indicar a idade de Mariano. É possível que ela tenha sido definida por aproximação. Mariano foi sepultado em São Bento do Sul dois dias depois do crime. No mesmo cemitério em que repousam os primeiros imigrantes da cidade.

Hoje, Mariano pode se orgulhar de ser tão anônimo como qualquer um deles.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s