Folha do Norte: As índias dos Fragoso

Coluna “São Bento no passado”,  publicada no jornal Folha do Norte de 12.03.2013.

As índias dos Fragoso

Nem todo mundo sabe mas, antes mesmo dos imigrantes chegarem, já havia brasileiros morando na região de São Bento do Sul e Campo Alegre. Uma destas famílias era a família Fragoso, que já estava na região ao menos desde 1865. Inclusive, um dos tropeiros que auxiliaram os primeiros imigrantes a subirem a serra Dona Francisca foi João Fragoso. A família habitava os lados catarinense e paranaense do Rio Negro. Manoel Soares Fragoso, curitibano, mas morador da Lapa, trouxe consigo filhos e netos que se espalharam pelo lugar. Um dos seus netos, Generoso Fragoso, é tido até hoje como “fundador” de Fragosos. Na verdade, foi apenas mais um dos pioneiros.

A família Fragoso tem origem no relacionamento de um paulista de Taubaté, chamado João Soares Fragoso, com uma índia carijó de Curitiba, chamada Páscoa das Neves. Os carijós, pertencentes ao grupo guarani, eram tidos como índios mais dóceis. Isso deve ter facilitado que os primeiros curitibanos os aprisionassem e os mantivessem cativos em suas casas. Eram chamados então de “administrados” – na prática, um eufemismo para escravos.

A índia Páscoa das Neves era filha de outra índia chamada Ventura e neta da índia Valéria, que deve ter nascido em Curitiba por volta de 1670 – antes mesmo da fundação oficial da cidade. João Soares Fragoso teve apenas um relacionamento casual com Páscoa. Alguns anos depois, ele se casou com uma das filhas do seu proprietário. Mas Páscoa teve com ele um filho, chamado Domingos Soares Fragoso. Um dia João Soares Fragoso se mudou com sua família legítima para a região de Castro. Domingos, filho bastardo, permaneceu em Curitiba morando com a família da mãe índia.

Este Domingos se tornou ancestral de todos os Fragoso que hoje habitam a região de São Bento do Sul e Campo Alegre. De Curitiba a família se espalhou por todo o sul do Paraná e norte de Santa Catarina, chegando até mesmo ao oeste do estado.

A gravura abaixo, feita em 1559 por Ulrich Shmidl, retrata um grupo de carijós.

Um pensamento sobre “Folha do Norte: As índias dos Fragoso

  1. Estou escrevendo os primeiros moradores da Vila Nova do Timbó – Irineópolis -SC, que para este sertão vieram a partir de 1898, sendo o Tobias Fragoso com família e seu primo João Soares Fragoso, com seus filhos e genros da família Grobe.

    Acabei de adquirir seu livro, mas estou curioso em conseguir essa linhagem e qual o grau de parentesco deles com Miguel Fragoso que fez parte das lutas do Contestado, na região do Irani e Palmas. Esses Fragosos vieram de rio Preto aí de São Bento.
    Se tiver uma informação correta, estou aguardando, antes que seu livro chegue dentro de 17 dias.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s