Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Friedrichswald’

O mapa a seguir representa as aldeias germânicas que existiam no Distrito de Gablonz, no norte  da Boêmia. Em destaque, estão aquelas que contribuiram com imigrantes para a cidade de São Bento do Sul, conforme é possível verificar nas listas de passageiros. Esses imigrantes vieram especialmente a partir de 1876, num segundo fluxo de imigração. Franz Rohrbacher, imigrante da região do Böhmerwald, havia sido contratado pela Sociedade Colonizadora para voltar à Boêmia e lá conseguir novos imigrantes para a Colônia de São Bento. Como Rohrbacher não encontrou muita gente ainda disposta no Böhmerwald, partiu justamente para a região do distrito de Gablonz, onde logrou êxito e conseguiu convencer muitas famílias a imigrar. Percebe-se que esses novos imigrantes da cidade vieram de muitos lugares dessa região. As 31 aldeias em destaque são: Friedrichswald, Gränzendorf,  Johannesberg, Karlsberg, Maxdorf, Josefsthal, Marienberg, Spitzberg, Dessendorf, Tiefenbach, Polaun, Wurzelsdorf, Schenkenhah, Schumburg, Tannwald, Swarow, Morchenstern, Neudorf, Wiesenthal, Grünwald, Proschwitz, Maffersdorf, Radl, Gutbrunn, Kukan, Reichnau, Pelkowitz, Puletschnei, Marschowitz, Seidenschwanz e Gablonz. Posteriormente, pretende-se abordar cada aldeia de forma específica. Além deles, houve outras que foram importantes para famílias que imigraram para São Bento. A família Pfeiffer, por exemplo, embora tenha imigrado de Marschowitz, tinha origens em Labau. O mesmo acontece com os Preussler em Grafendorf e os Staffen em Georgenthal, entre outros. O mapa auxilia e muito a compreender melhor a geografia da época. Ele me foi cedido pelo estimado pesquisador tcheco Bruno Reckziegel, e pode ser visualizado em tamanho maior nesse link, clicando no zoom.

Read Full Post »